Cartas de Amor

Encontro mulheres 726740

Também escrevi em meu tempo cartas de amor, Como as outras, Ridículas. Quem me dera no tempo em que escrevia Sem dar por isso Cartas de amor Ridículas. Sendo liberdade uma delas, eu mesmo me concedo. Te amo muito, e pouco penso. Serei eu o romântico, o ingênuo? Te amo muito, e subscrevo-me. Quando eu era menino, pensava como menino; mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino.

Minha filha, antes de você existir eu sonhava com você. Quando soube que a carregava no meu ventre eu imaginava como seriam seus olhos, seu sorriso, e como a iria bem-querer por toda vida. Mas quando você chegou tudo que sonhei e imaginei um dia ficou pequeno e insignificante. Hoje eu continuo sonhando, acordada e dormindo, mas apenas com a sua felicidade. Te amo, minha filha! Foi aí que senti o quanto a vida pode ser gratificante e bela, muito bela. Ao seu lado vida é magico, cheio de energia positiva e inesquecível. Eu te amo mesmo ao infinito do tempo, meu bem! Saber que existe alguém que me ama do jeito que você me ama é o maior privilégio e conforto que alguém pode ter.

Enhance your purchase. Inspirado em um livro lido pela personagem Carrie Bradshaw no filme Sex and the City. Victor Hugo e Charles Darwin. Tens convencimento de me amar para sempre? Nesses escritos. Portuguese Brazilian. Publication date. January 1, See all details.

A senhora é a luz que conduz a minha vida e os meus caminhos! O seu carinho sempre é o melhor remédio! Eu me sinto invencível e pronta para vencer qualquer desafio quando tenho o seu arrimo. Um dia terei muito orgulho ao dizer aos meus filhos que a avó deles é uma super-heroína!

Leave a Reply

Your email address will not be published.